segunda-feira, 7 de julho de 2014

Exposição sobre os inventos de Leonardo da Vinci chega ao Recife



O Memorial de Medicina de Pernambuco, localizado no bairro do Derby, abrigará uma exposição, inédita no Recife, sobre os inventos de Leonardo da Vinci.

A exposição apresentará réplicas, na forma de maquetes, juntamente com seus respectivos esboços e desenhos, de vários inventos de Leonardo da Vinci, exemplificando a obra de um homem que foi considerado a primeira grande mente moderna e um dos maiores gênios da humanidade.

A abertura da exposição será no dia 18 de julho, às 18h30, e a visitação será realizada até o dia 30 de setembro, funcionando de segunda a sábado, das 9h às 17h. Para visitação em grandes grupos é necessário agendamento.

 Caso tenham interesse em trazer grupos para a visita, pedimos, por gentileza, que façam o agendamento, através do e-mail: memorial@ufpe.br

Serviço:
Abertura da exposição "Leonardo da Vinci, maravilhas mecânicas"
Data:  18 de julho de 2014, sexta-feira
Hora:  18h30
Local: Memorial da Medicina de Pernambuco – PROEXT – UFPE
Rua Amaury de Medeiros, 206. Derby.
Contato: memorial@ufpe.br


domingo, 6 de julho de 2014

Veículos escolares tem até 9 de agosto para passar por vistoria





Os veículos que fazem transporte escolar, em todo o Estado, tem até 9 de agosto, para passar pela vistoria obrigatória do DETRAN. A vistoria acontece sempre aos sábados no pátio do órgão, localizado no bairro da Iputinga, e nas CIRETRANS do interiro do Estado. 

As vistorias conferem a documentação dos veiculo e dos seus condutores, além dos itens de segurança obrigatórios em cada veículo. O procedimento é gratuito.

Fique de olho! – os carros vistoriados recebem um selo de identificação no para-brisa.

sábado, 5 de julho de 2014

Casa da Moeda lança medalhas comemorativas pela canonização de João Paulo II e João XXIII




Em uma missa, realizada ontem,  4, a Casa da Moeda do Brasil lançou medalhas comemorativas pela canonização dos papas João Paulo II e João XXIII. O lançamento ocorreu no altar Central do Santuário Nacional de Aparecida (SP). Três modelos, confeccionados em ouro, prata e bronze, foram apresentados ao público.
 
A celebração foi presidida pelo arcebispo de Aparecida (SP) e presidente da CNBB, cardeal Raymundo Damasceno Assis. A data e o local da celebração marcam os 34 anos da visita de São João Paulo II ao Brasil, em julho de 1980, ocasião em que sagrou o altar do Santuário, oferecendo o título de Basílica Menor.

As peças, criadas e modeladas pelos artistas Érica Takeyama e Nelson Carneiro, homenageiam os novos santos da Igreja Católica, canonizados pelo papa Francisco em abril de 2014. As medalhas apresentam as faces dos santos, acompanhadas da legenda: "MMXIV - Canonização de João Paulo II e João XXIII". No reverso, há a reprodução da Basílica de São Pedro, no Vaticano.

Ao todo, serão apresentadas 5 mil medalhas, sendo 4.000 em bronze, 980 em prata e 20 em ouro. A Casa da Moeda irá descaracterizar os cunhos em que foram moldadas as medalhas, garantindo, dessa forma, a produção limitada.

CNBB com informações do Santuário Nacional.

Diversão para a meninada!


Filme: Khumba

Uma simpática zebrinha embarca numa perigosa aventura em busca das listras que cobrem apenas metade do seu corpo.

VEJA TRAILER


Salas/Horários

Caruaru 4 (3D-dub). 14h, 15h50 (exceto sex). 
Guararapes 1 (dub). 13h, 18h20 (exceto sex). 
Guararapes 5 (3D-dub). 14h (exceto sex e sáb), 16h (exceto sex e sáb). 
Plaza 1 (3D-dub). 14h35, 16h30 (exceto ter e qua), 18h25 (exceto ter e qua). 
Plaza 5 (3D-dub). 13h. 
Recife 10 (3D-dub). 14h30, 16h25 (exceto ter e sex), 18h20 (exceto ter e sex). 
RioMar 3 (3D-dub). 11h40, 13h50 (exceto sex), 16h10 (exceto sex), 18h20 (exceto sex). 
Rosa e Silva 1 (3D-dub). 14h20 (sex), 14h50 (exceto sex), 16h40, 18h30. 
Tacaruna 1 (3D-dub). 15h (exceto sex e sáb), 17h (qui, dom e sex), 19h (qui, dom e sex), 21h10, 23h10*.

quinta-feira, 3 de julho de 2014

Arcebispo preside Missa em memória de Dom Vital



O presidente da CNBB NE2 e arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido, preside na próxima sexta-feira, 4 de julho, Missa Solene em memória aos 136 anos da morte de Dom Vital Maria de Oliveira. A Celebração Eucarística será às 10h, na Basílica Nossa Senhora da Penha, bairro de São José, centro do Recife.

Durante a cerimônia, o vice postulador da Causa de Beatificação de Dom Vital, frei Jociel Gomes, revelará novidades sobre o processo. Os fiéis poderão entrar na basílica após a Missa e junto com o arcebispo visitar o túmulo de Dom Vital. No local, o religioso rezará oração pela beatificação do bispo capuchinho.

Quem foi Dom Vital?

Antônio Gonçalves de Oliveira Júnior nasceu no Sítio Jaqueira do Engenho Aurora, atual município de Pedras de Fogo-PB (na época território do Estado de Pernambuco) aos 27 de novembro de 1844.

Seus estudos foram iniciados na escola pública de Itambé e posteriormente, no colégio do Benfica em Recife. Ingressou no Seminário de Olinda em fevereiro de 1861 e no ano seguinte, foi estudar em Paris.  Iniciou o noviciado no dia 15 de agosto de 1863, quando recebeu o hábito de São Francisco e o nome religioso de Frei Vital Maria de Pernambuco. Aos 19 de outubro de 1864 emitiu a Profissão Temporária na Ordem Capuchinha. Recebeu as ordens menores dos capuchinhos em 1866, o diaconato em 1868 e finalmente ordenado sacerdote no mesmo ano.
No dia 21 de maio de 1871, por decreto imperial, Frei Vital de Oliveira foi nomeado Bispo de Olinda-PE, com a preconização dada pela Santa Sé aos 22 de dezembro daquele ano. Tomou posse em 24 de maio de 1872 tornando-se o primeiro Bispo capuchinho do Brasil.

O episcopado de Dom Frei Vital foi marcado por tensões, sendo vivamente hostilizado pelos inimigos da Igreja e suas seitas secretas. Tomou resoluções em defesa da fé e da Igreja e resistiu às tentativas do Governo Imperial para que desistisse de suas ações contrárias aos desmandos e interesses imperiais, o que lhe acarretou a prisão. Era o dia 02 de janeiro de 1874, às 15h, quando Dom Vital, revestido dos paramentos pontificais no Palácio da Soledade, foi preso e recolhido ao Arsenal da Marinha do Recife, sendo levado á frente de uma multidão que clamava pela sua liberdade. Dali foi conduzido para o Rio de Janeiro, a bordo da corveta “Recife”, passando antes pela Bahia.

No Rio de Janeiro, ele foi levado ao tribunal e julgado, sendo condenado no dia 21 de fevereiro de 1874 a quatro anos de prisão, com trabalhos forçados e custas, sendo essa pena comutada pelo Imperador, dias depois, para prisão simples na Fortaleza de São José, no Rio.

A 04 de março de 1874,o papa Pio IX enviou um Breve à Diocese de Olinda, afirmando que o único crime de Dom Vital foi ter defendido a religião. Da prisão, ele consagrou a sua diocese ao Sagrado Coração de Jesus, no dia 12 de junho de 1874. E não chegou a cumprir totalmente a pena porque foi anistiado aos 17 de setembro de 1875 pelo Imperador, então pressionado pelos protestos do papa.

Dom Vital faleceu em 04 de julho de 1878 no convento capuchinho de Paris, aos 33 anos de idade. Seu corpo foi embalsamado e velado na igreja dos Capuchinhos. As solenes exéquias e sepultamento deram-se no dia 08 de julho. Monsenhor de Ségur, na oração fúnebre, por ocasião das exéquias, afirmou que Dom Vital morreu envenenado.



Missa em memória aos 136 anos de Dom Vital
Local: Basílica Nossa Senhora da Penha
Praça Dom Vital, 169 – São José – Recife
Dia: 4 de julho de 214
Horário: 10h

Informações: 3424-8500

COMUNICADO OFICIAL DA PREFEITURA DO RECIFE

Comunicado Oficial – Deliberações decorrentes da reunião realizada (02/07/2014) com os representantes do Movimento Ocupe Estelita

A Prefeitura do Recife, OAB, UFPE, UNICAP, CREA, IAB, CAU E ODR, comunicam as deliberações decorrentes da reunião realizada no dia 2 de julho de 2014, com os representantes do Movimento Ocupe Estelita, para fim de registro do posicionamento destas instituições mediadoras:
1 – Compromisso de suspensão de todos os atos administrativos referentes ao Projeto Novo Recife, durante o processo de negociação em curso (referido nos itens 1 e 2 apresentados pelo Movimento);
2 – O Movimento participará da discussão dos termos que serão apresentados nas audiências públicas e integrará suas mesas (referido no item 3 apresentado pelo Movimento);
3 – O Movimento participará de todas as reuniões para aprovação dos procedimentos e conclusões que sejam determinantes para o processo de negociação em curso, considerando que outras reuniões de natureza diversa poderão ocorrer sem a presença do Movimento (referido no item 5 apresentado pelo Movimento);
4 – Todas as reuniões que aprovarem procedimentos e conclusões determinantes para o processo de negociação em curso serão formalizadas por escrito para registro e publicidade uniforme (referido no item 6 apresentado pelo Movimento);
5 – Após o consenso, o processo redesenhado, se necessário, será analisado pela SEMOC, SMAS, SDPU, SECULT, DNIT, IPHAN e FUNDARPE (referido no item 8 apresentado pelo Movimento);
6 – Será apresentado cronograma de trabalho;
7 – Com relação a todos os demais pedidos, a Prefeitura e as instituições entendem que são incompatíveis com o processo de negociação.
Prefeitura do Recife, IAB-PE, OAB-PE, Unicap, UFPE, Crea, CAU e Observatório do Recife.
-

DETRAN - PE: Horas de espera para vistoria


Quem compareceu na sede do DETRAN-PE, bairro da Iputinga, na manhã desta quarta feira (02), precisou de muita paciência. A fila de carros e motos para fazer vistoria era tão grande que se estendeu ao longo da Estrada do Barbalho. O tempo médio de espera para vistoria era de três horas e meia.


Uma assembleia dos servidores foi apontada como causa do problema, mas moradores da área afirmam que as filas intermináveis, que chegam a atrapalhar o trânsito no bairro, são comuns.